Sábado, 19.04.08

“Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

 

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e tornar-se um autor da própria história.

 

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito na alma.

 

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo.

 

É ter coragem para ouvir um "não".

 

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

 

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Fernando Pessoa

Ser feliz é lutar, é desejar, é sonhar!

Ser feliz é conseguir ver a luz no meio da escuridão, é dar mão sem ter razão.

Ser feliz é estar aqui.

É estar despedaçada e encontar motivos para sorrir.

Ser feliz é mostrar as cicatrizes e nunca desistir.

Nunca Desistir!


Estou: a aprender a sorrir
My Soundtrack: Goodbye Apathy - One Republic

publicado por Night_Angel às 19:22 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Segunda-feira, 07.04.08

Cada sorriso teu está guardado na minha memória e cada lágrima caída por ti gravada no meu peito, agora feito pedra.

 

É como se eu não existisse. Como se fosse uma brisa de verão demasiado ligeira para ser percebida no calor infernal.

 

Sinto-me estranha quando estás por perto. O teu desprezo dói-me. Vejo-te a reagir à vida de uma forma que eu seria incapaz, nesta fase.

 

Faltam-me as tuas mãos, a tua respiração no meu ouvido.

 

Sinto a tua falta.

 

Tu nunca foste tão feliz...

 

E fico vazia... Olhando-te de longe. Imaginando os teus pensamentos.

 

Sinto a tua falta e do que éramos juntos.

 

Mas a minha apatia não te parece incomodar.

 

Lamento por isso...

 

     Mas espero que sejas feliz,

e nunca conheças esta dor que me arde no peito.


Estou:
My Soundtrack: No Roads Left - Linkin Park

publicado por Night_Angel às 14:20 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Quarta-feira, 02.04.08

 (...)

 

“Talvez o que ela sentia não fosse o mesmo que eu sentia.” Pensou ele, tentando desculpá-la. Amava-a. Sempre o tinha feito. A dor não ia apagar aquele sentimento. Questionava-se se alguma coisa o iria conseguir.

 

Aproximava-se da clareira. A luz brilhante da lua era agora visível e reflectia-se nas folhas das árvores, nos rasteiros arbustos.

 

A clareira circular estava triste. Tinha perdido toda a sua luz.

 

Tal como ele.

 

Da última vez que ali estivera, ela estava com ele.

 

Sentiu-se só. Perdido.

 

Ela beijara-o. Ele sentiu as lágrimas salgadas que corriam dos olhos dela, forçadas pela notícia da sua partida.

 

Quis arrancar aquele vazio do seu peito.

 

Sentou-se nos meio das raízes de uma grande árvore, marcada pelo tempo, na fronteira da clareira. Deixou-se invadir pela saudade. Esqueceu os maus momentos. Aquele lugar fazia-o lembrar-se dela. Sentia-se perto dela de alguma forma. Recordou o que tinham vivido juntos e riu-se sozinho. Limpou as lágrimas e riu-se.

 

Quase sentia a presença dela ali com ele. Como se as memórias ganhassem e através da sua gargalhada ela ganhasse forma.

 

Suspirou. E sentiu o vazio no peito a consumi-lo.

 

“Lamento.”

 

Era a sua voz. Num sussurro carregado de culpa e arrependimento. De entre as árvores ela apareceu, em toda a simplicidade que ele sempre tinha adorado e sentou-se junto dele de olhos postos no chão.

 

E o vazio no seu peito desvaneceu-se e ele sorriu.

 


Estou: com saudades... =(
My Soundtrack: Jordin Sparks - Tattoo

publicado por Night_Angel às 16:44 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Domingo, 30.03.08

“No meio da escuridão da noite, deambulava sozinho. Devagar para não tropeçar mas raízes protuberantes das árvores que o rodeavam por todos os lados e cujas copas frondosas escondiam o céu estrelado.

 

A solidão e o silêncio caíam-lhe bem naquele momento. De mãos enterradas nos bolsos, caminhava sem destino. A dor da traição crescia-lhe no peito e estendia-se a todo o corpo, inflamando cada pedaço seu, cada ponta de esperança que o fazia respirar. Um par de lágrimas formou-se nos seus olhos e chorou. Como poderia ela ter-lhe feito aquilo? Durante anos admirara cada parte daquela rapariga. Amava as suas virtudes, respeitava os seus defeitos...

 

Ela era tudo para ele.”

 

(...)

 


Estou: a ganhar força
My Soundtrack: Goodbye Apathy - One Republic

publicado por Night_Angel às 15:46 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Terça-feira, 04.03.08

I hate feeling like this

I’m so tired of trying to fight this

I’m asleep and all I dream of

Is waking to you

Música


Estou: perdida sem ti
My Soundtrack: Comatose - Skillet

publicado por Night_Angel às 15:32 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Quarta-feira, 27.02.08

Love Hurts…

and It Hurts Like Hell…


My Soundtrack: Imperfection - Skillet

publicado por Night_Angel às 17:34 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.02.08

Sei agora o que me deixa assim. Descobri por fim a origem da minha agonia…

Não é por te querer ou por não estares comigo, não é por não olhares ou não sorrires para mim. Julguei que a solidão era a minha escuridão, julguei que este vazio vinha da tua ausência.

Percebi que não…

O que dói cá dentro é o facto de saber que vivi tudo mais intensamente que tu. O que dói mais que tudo é ter ouvido palavras vagas e sem sentido e tê-las julgado puras e verdadeiras.

O que me despedaça é pensar que cresceu em mim algo maior que aquilo que tentavas tornar real em meras palavras, nas quais não acreditavas.

É sentir, é libertar a alma em tudo o que faço… É disso que me arrependo. É isso que dói. É saber que conto os segundos, enquanto os restantes apenas prestam atenção aos minutos.

E esta dor que posso fazer para a dizimar?

Como posso evitar sentir?

Como poderei impedir a intensidade de cada sopro?

Só desejava saber fazê-lo e ser mais um destes robôs que beijam sem sentir, que amam sem calor…


Estou: desiludida =|
My Soundtrack: Imperfection - Skillet
tags: ,

publicado por Night_Angel às 20:13 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quinta-feira, 21.02.08

ACABOU!

Este é o último suspiro, esta é a última lágrima…

Chega de arrependimentos, chega desta dor que lateja cá dentro. Chega de olhares desviados, de palavras caladas.

Chega!

A vontade de te ter novamente consome-me e arrasta consigo a inspiração, a minha razão de viver.

A vontade de te ter uma vez mais tornou-se orgulho e não necessidade mas por mais que a racionalidade apele, o coração teima em não se mover.

Os sonhos que partilhámos perderam-se no tempo, e o ressentimento tomou conta do meu pensamento.

Mas isso acabou!

Nada restou do “nós”, tu já o provaste. Não me vou arrastar a teus pés, é altura de trilhar um novo caminho.


Estou: orgulhosa
My Soundtrack: All Fall Down - One Republic
tags: , ,

publicado por Night_Angel às 20:38 | link do post | comentar

Domingo, 17.02.08

Não sei o que se passa comigo. Não entendo o turbilhão de sentimentos que se desenrola dentro de mim e não o consigo evitar.

Num segundo sinto-me com forças para lutar, para olhar em frente. Sinto-me capaz de mudar o meu rumo, sinto-me corajosa o suficiente para encarar a vida uma vez mais.

No instante seguinte, o meu mundo desaba. Não encontro sentido em nada do que faço. Não encontro propósito no que sou. Simplesmente não vejo a luz sem ti, não gosto da pessoa que sou sem ti.

Estou presa aqui.

Vejo o mundo a avançar, o tempo a passar e não consigo fazer nada para o parar, não consigo obrigar-me a avançar.

Ver-te todos os dias sem poder estar contigo deixa-me vazia. Pareces ter avançado como se nada se tivesse passado. Ignoras-me como se nunca tivesse existido e isso magoa.

Gostava que percebesses o esforço que faço a cada dia para simplesmente não te ir dizer bom-dia, porque sei que esse bom dia iria acalentar esperanças que não são fundamentadas.

Só queria poder sair deste estado de apatia completa.

Queria compreender o que se alterou entre nós para me abandonares de repente.

Queria saber avançar sem olhar para trás. Queria olhar em frente com a mesma facilidade com que o fizeste.

Sinto-me sozinha… Perdida numa agonia que ninguém percebe, que escondo no sorriso, que tento omitir de ti.

Sinto-me presa… Nesta confusão de sentimentos da qual não me consigo libertar…

Quero um significado… Só preciso de um sentido…

“Fight and Fight Again and Keep Fighting”


Estou: apatica =|
My Soundtrack: Superman - Five For Fighting
tags: ,

publicado por Night_Angel às 20:26 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 06.02.08

Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo o mundo irá supor
Que és feliz

 

- Charles Chaplin -

 

                            Vou sorrir,                         

Porque a saudade me atormenta. Porque os meus dias estão vazios.

 

Vou sorrir,

Porque tudo terminou e nada mais restou

 

Vou sorrir.

Porque chorar não vai fazer mudar a tristeza que de mim se apoderou.

 

Vou sorrir.

Porque pensar na dor não a vai fazer desaparecer.

 

Vou sorrir… Vou sorrir…

 


Estou: VOU SORRIR
My Soundtrack: The Calling - Could it be any harder
tags: , ,

publicado por Night_Angel às 21:58 | link do post | comentar | ver comentários (5)

MiM
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

[confessions #4

Missing Piece

Caminho

Tempestade

... Over Again

.wings. (and Random Thing...

Running

... Just a question

Só porque é isto que sint...

Untitled

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds